Enciclopédia do Válvuleiro

O que é melhor? Microfusão ou Fundição

Segunda Feira - 16 de Junho de 2019

microfusao e funcição

Microfusão e Fundição em areia
Uma das dúvidas mais comuns nos processos de fazer peças industriais está relacionada com a fundição em areia e a microfusão. Nesse sentido, nós resolvemos trazer um artigo que especifica o que cada um desses processos faz e quais são esses resultados. Falaremos as principais diferenças e benefícios de optar por um ou por outro processo de fazer a peça industrial.

O processo de microfusão é bem antigo. Ele é utilizado para garantir precisão nos detalhes, especialmente nas dimensões e no acabamento da peça. A microfusão também é responsável por eliminar quase todos os resquícios de usinagem que podem aparecer em uma peça.

Para realizar uma microfusão e produzir uma peça, utiliza-se um modelo de cera que é feito por meio de uma injeção. Essa cera é revestida com cerâmica e forma-se um molde com ela. Quando está oca, serve de molde para o preenchimento do metal líquido. Depois de solidificar-se, o metal, agora em formato de peça, é retirado do molde e passa pelo processo de acabamento final.

A principal vantagem da utilização da microfusão para fazer peças industriais está no fato de que as peças ficam com um excelente acabamento, mesmo sem usinagem. O acabamento superficial mantém-se na peça logo após seu esfriamento e os custos com ferramentas de fabricação diminuem consideravelmente. Ademais, é possível fazer vários moldes e utilizá-los para manter um padrão nas peças industriais.

Já a fundição em areia é feita de outro modo: apesar de também trabalhar com o metal em líquido, o molde para a peça é feito de areia ou até mesmo metálico, com um ponto de fusão diferente do metal a ser usado na peça. Após resfriar e solidifcar-se, a peça fica pronta para o uso. O molde de areia é utilizado em peças que serão compostas por aço e ferro fundido. Isso porque esse tipo de molde é o que mais aguenta altas temperaturas. Além disso, peças de latão, magnésio e alumínio podem ser produzidas por esse método industrial.

De maneira geral, utilizamos a moldagem em areia verde para a fundição em areia. Ademais, a principal vantagem desse método industrial é conseguir peças com uma geometria mais complexa com maior facilidade. Outra das vantagens que esse método industrial também traz é uma maior economia nos custos e nas ferramentas de fabricação. A possibilidade de trincar uma peça é muito baixa, portanto os riscos de gastos desnecessários são bem baixos.

De modo geral, a microfusão e a fundição em areia são parecidas. Entretanto, uma delas garante maior precisão e a outra oferece um menor risco no momento de tirar a peça do molde por conta do baixo risco de trincá-la. Dependendo do que se quer, é essencial optar pela primeira ou pela segunda. Tudo depende, na verdade, das suas prioridades na produção da peça.



Não se esqueça... A curiosidade é que move o mundo!

Acompanhe o grupo Micro Rio:
www.fb.com/microriovalvulas
www.instagram.com/microriovalves
www.linkedin.com/company/microrio/
www.twitter.com/microriovalves

Conteúdo relacionado: