Enciclopédia do Válvuleiro

O que é Rating de uma Válvula Industrial?

Sexta Feira - 25 de Outubro de 2019

Rating de uma Válvula

Hoje em nosso artigo vamos falar sobre o rating de uma válvula, que não é uma palavra normalmente utilizada, mas que é de suma importância para a seleção correta de válvulas em função do processo aonde ela irá atuar, principalmente nos serviços em que o grau de criticidade é elevado e/ou severo e a válvula precisa ser criteriosamente selecionada para atender as solicitações as quais ela será submetida.

Rating é uma palavra inglesa que significa entre outras coisas “classificação”, essa tradução até serve para essa situação, pois se está classificando uma válvula de acordo com a temperatura, pressão e o material que ela será construída em relação às condições de trabalho as quais ela será submetida; mas em se tratando de inglês técnico muitas palavras e expressões assumem significados totalmente diferentes da sua tradução literal, rating no mundo das válvulas e acessórios para tubulações significa “limites operacionais”, pois é uma relação direta entre pressão, temperatura e o material de construção da válvula, indica o valor máximo de pressão com a qual uma válvula pode operar em uma determinada temperatura e isso dependendo também do material que a válvula será fabricada, abaixo segue uma das tabelas da norma ASME B16.34 aonde podemos verificar o rating de uma válvula que ira trabalhar, por exemplo, com 38°C de temperatura e será fabricada em aço carbono fundido ASTM A 216 Gr. WCB:

Rating por Materiais
Notem que a pressão máxima de trabalho para uma válvula classe 150 nesse caso é 19,6 bar, se essa válvula fosse trabalhar com 200°C a pressão máxima de trabalho já cai para 13,8 bar, e assim funciona para todas as classes de pressão e todos os materiais.

Embora o termo rating não seja muito utilizado ele é praticado em grande parte das negociações para aquisição de válvulas e ainda mais na execução dos projetos de processos, fase na qual os engenheiros e projetistas de tubulações determinam os tipos de válvulas, materiais e todos os acessórios necessários ao processo em função dos fluidos que serão escoados; se o fluido é corrosivo é preciso selecionar um material que seja compatível para trabalhar com esse fluido, a combinação de pressão e temperatura também precisa ser analisada, pois à medida que a temperatura aumenta a resistência mecânica de alguns materiais diminui, enfim há uma infinidade de variáveis a serem analisadas em grandes processos.

nos processos menos críticos e em obras de menores proporções é muito comum que o usuário final ou comprador não saibam direito que material utilizar e busquem ajuda com o próprio fabricante da válvula ou com a revenda onde estão adquirindo o equipamento.

A norma ASME B16.34 é uma norma de construção de válvulas industriais que fornece o rating para uma grande variedade de materiais e ter esse conhecimento é um ótimo auxílio para trabalhar com segurança e confiabilidade na seleção de válvula e acessórios para tubulações.

Se você gostou desse artigo ou ele te ajudou de alguma forma, nos de um retorno para que possamos melhorar ainda mais os nossos conteúdos, enviem sugestões de assuntos para elaboração de posts, se tiverem dúvidas, por favor, fiquem a vontade para nos ligar ou nos envie a dúvida por e-mail.

Ficou alguma dúvida? Escreve para gente clicando aqui.

Não se esqueça... A curiosidade é que move o mundo!

Acompanhe o grupo Micro Rio:
www.fb.com/microriovalvulas
www.instagram.com/microriovalves
www.linkedin.com/company/microrio/
www.twitter.com/microriovalves

Conteúdo relacionado: