Enciclopédia do Válvuleiro

Válvula de retenção dupla portinhola

Quarta Feira - 19 de Fevereiro de 2020

valvula retencao tipo axial dupla portinhol
           a

A válvula de retenção dupla portinhola também é conhecida como retenção disco duplo, duo check ou retenção duplex hoje no nosso post é sobre essa válvula que é muito utilizada em processos industriais.

O corpo desse tipo de válvula é fabricado no modelo wafer e o obturador é composto por duas metades em formato de meia lua montadas em um eixo, uma mola faz com que as duas peças fiquem em contato direto com a vedação do corpo, isso proporciona uma vedação inicial que é efetivada pela pressão do fluido no contra fluxo, a pressão de trabalho é suficiente para vencer a força da mola permitindo que a válvula abra em função dessa pressão a montante, e quando ocorre o contra fluxo as portinholas fecham automaticamente, juntamente com a força do fluido e da mola. O acionamento para abertura da válvula é limitado por um segundo eixo logo acima e paralelo ao eixo no qual são montadas as portinholas. Devido a essas características construtivas, essa válvula não deve ser usada em linhas que devem ser limpas periodicamente com um dispositivo de limpeza conhecido como pig, que é em formato esférico e passa pela tubulação efetuando a limpeza da mesma.

A força da mola apenas auxilia no fechamento da válvula com o mínimo de contra fluxo, ou seja, a partir do momento que a pressão no lado a jusante for minimamente maior do que a pressão do lado a montante a válvula automaticamente se fecha. Esse modelo de válvula pode ser instalada em qualquer posição, horizontal, vertical ou inclinada, pois a mola garante o contato das portinholas com a sede proporcionando a vedação no contra fluxo, isso não acontece em válvulas de retenção tipo portinhola por exemplo, que funcionam pela força da gravidade e para funcionar corretamente devem ser instaladas na posição horizontal. Para serviços com fluidos que contenham sólidos em suspenção, quando a válvula for instalada na posição horizontal, o eixo da válvula também deve ficar nessa posição, dessa maneira se evita o acúmulo de resíduos na parte inferior da passagem da válvula, o que, com o tempo pode prejudicar o funcionamento da válvula.

A vedação pode ser resiliente ou metal metal, nas vedações resilientes, podem ser usados polímeros ou borrachas, isso depende da aplicação e do projeto do fabricante, a sede de borracha é vulcanizada diretamente no corpo da válvula, na vedação metal metal, a sede é usinada e lapidada diretamente no corpo da válvula.

A perda de carga nessas válvulas é maior do que nos outros modelos de válvulas de retenção, pois em função da concepção de projeto, a retenção portinhola possui uma travessa que divide o diâmetro da passagem em dois orifícios em forma de meia lua. Nos serviços em que a perda de carga for uma característica importante e que irá influenciar no desempenho do processo, deve-se analisar a viabilidade de se usar desse tipo de válvula.

Se você gostou desse artigo, achou interessante ou se ele te ajudou de alguma forma, nos de um retorno para que possamos melhorar ainda mais os nossos conteúdos, enviem sugestões de assuntos para elaboração de posts, se tiverem dúvidas, por favor, fiquem a vontade para nos ligar ou nos envie a dúvida por e-mail.



Não se esqueça... A curiosidade é que move o mundo!

Acompanhe o grupo Micro Rio:
www.fb.com/microriovalvulas
www.instagram.com/microriovalves
www.linkedin.com/company/microrio/
www.twitter.com/microriovalves

Conteúdo relacionado: