Enciclopédia do Válvuleiro

Abastecimento de mercado do aço só será normalizado em 2021

Sexta Feira - 01 de Setembro de 2020

aço e tempo de demora

O abastecimento do mercado do aço sofreu uma grande queda no ano de 2020 em decorrência da pandemia causada pelo Covid-19, que assola o mundo todo.

Assim, como uma preocupação da Indústria em decorrência de pouca matéria prima e reajustes muito altos, a previsão, dada por Carlos Loureiro, presidente do Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (INDA) é em torno de 15% de aumento.

Ademais, o que mais preocupa os distribuidores de todo o Brasil em se tratando de abastecimento de mercado do aço, é o fato de que os estoques estão chegando a um nível bastante alarmante.



Um limite muito baixo de abastecimento de mercado do aço
Ainda de acordo com Loureiro, acredita-se que o estoque dure, a partir do mês de setembro, de 2,5 a 3 meses, no máximo. Assim, é possível concluir que esse mercado opera com dados muito alarmantes de estoque.

Contudo, é possível afirmar que toda a situação é reversível, uma vez que a previsão é de que, no mês de Janeiro já do próximo ano, 2021, o abastecimento de aço já esteja normalizado.

A boa notícia, no entanto é que no que diz respeito ao crescimento de distribuição do aço, há motivos para que todos respirem tranquilos. Isso porque a previsão de crescimento nas vendas será de 5% em relação ao ano de 2020. .


Não se esqueça... A curiosidade é que move o mundo!

Acompanhe o grupo Micro Rio:
www.fb.com/microriovalvulas
www.instagram.com/microriovalves
www.linkedin.com/company/microrio/
www.twitter.com/microriovalves

Conteúdo relacionado: