Enciclopédia do Válvuleiro

O QUE É UMA VÁLVULA BORBOLETA BI-EXCÊNTRICA?

Sexta Feira - 23 de Agosto de 2019

válvula borboleta bi-excêntrica

Existem vários tipos de válvula borboleta: excêntrica, bi excêntrica, tri excêntrica, com vedação resiliente, vedação metal x metal, tipo wafer, lug, semi lug, flangeada e outros; cada uma delas tem seu uso mais adequado em função do processo aonde serão instaladas, nesse artigo vamos falar um pouco sobre a válvula borboleta bi excêntrica, também conhecida como válvula borboleta de alta performance, alto desempenho entre outras denominações que o mercado cria para um mesmo produto.

Abaixo seguem os componentes básicos de uma típica válvula borboleta bi excentica:

Caracteristicas da válvula bi excêntrica
A sede da válvula borboleta bi excêntrica pode ser trocada sem que haja a necessidade de desmontar a válvula, a substituição da sede é realizada de forma rápida, precisa e segura.

A sua vida útil é maior do que a dos modelos excêntricos, pois o contato entre o disco e a sede acontece no final no curso de fechamento ou no inicio do curso de abertura, assim o atrito entre as faces de vedação é reduzido e com isso a necessidade de manutenções é menor.

Suporta pressões maiores do que as válvulas excêntricas API 609 categoria A para uso geral, normalmente a pressão de trabalho para as borboletas excêntricas para uso geral varia entre 10 e 12 kgf/cm2 e é determinado pelo fabricante, já as válvulas esfera bi excêntricas API 609 são categoria B classe 150 ou 300, podem trabalhar respectivamente com 19 kgf/cm2 e 50 kgf/cm2.

Tem a opção de utilizar diferentes materiais resilientes de vedação e também vedação metal x metal, dessa forma se ganha uma versatilidade enorme com relação a temperatura de trabalho e resistência a corrosão. A vedação resiliente em PTFE trabalha com até 150°C, o PTFE suporte temperaturas maiores a 200°C, porém somando-se outras condições do processo no qual ele irá trabalhar tais como a pressão e o tipo de fluido, essa condição muda totalmente, outros matérias resilientes tais como PEEK, DELRIN, DEVLON já elevam a temperatura para 300°C, já vedação metal x metal suporta temperaturas de até 482°C.
Grande confiabilidade, tanto em baixas quanto em altas pressões e em linhas aonde essa variação aconteça em um mesmo processo.

Aplicações:

As válvulas borboletas bi excentricas trabalham em uma grande variedade de condições severas e meios com alta criticidade, como substâncias corrosivas, água, gases, ácidos, álcalis, hidrocarbonetos líquidos ou gasosos, álcool, água produzida com os seguintes contaminantes: CO2, H2S, cloretos, e muitos outros fluidos. Essas válvulas são projetadas para atender a maioria das aplicações aonde as válvulas excêntricas com vedações resilientes mais comuns não são adequadas para atuar. Para aplicações que exigem requisitos especiais recomenda-se sempre consultar os fabricantes para se conseguir uma solução ideal para o processo em questão A válvula borboleta bi excêntrica pode ser fornecida com acionamento manual por alavanca ou caixa de redução, automatizada com atuadores pneumáticos, hidráulicos ou elétricos.

As normas de construção mais aplicadas são a API 609, MSS-SP 68 e ABNT NBR 15768. Desejamos que esse artigo tenha sido útil para você, enviem sugestões para novos assuntos e nos deem um retorno para que possamos melhorar ainda mais os nossos textos, se tiverem dúvidas, por favor, fiquem a vontade para nos ligar ou nos envie a dúvida por e-mail.



Não se esqueça... A curiosidade é que move o mundo!

Acompanhe o grupo Micro Rio:
www.fb.com/microriovalvulas
www.instagram.com/microriovalves
www.linkedin.com/company/microrio/
www.twitter.com/microriovalves

Conteúdo relacionado: